O contrabandista de ideias

Por Roniel Sampaio Silva
Contrabandista é aquele sujeito que pratica o contrabando, que leva ou traz algo de um jeito que incomoda as autoridades. Como professor, em muitos momentos eu me sinto um contrabandista na educação. 
No ritual da docência, as vezes contrabandeio ideias da França, Alemanha, Itália e EUA. Umas ideias meio mirabolantes, que vem clandestinamente ameaçar as autoridade do status quo. Nas  tralhas do contrabando: democracia, solidariedade, cultura, socialização, soberania popular e revolução.
Não muito incomum, sou contrabandista dentro de meu próprio país, até contrabandeio ideias nacionais de umas fontes meio que ilegais, dos fornecedores mais suspeitos: Darcy Ribeiro, Florestan Fernandes, Caio Prado Júnior, Gilberto Freyre Raymundo Faoro, Roberto da Matta e Celso Furtado. 
Como um bom contrabandista,  não apenas trago como levo. Levo angústias e alegrias e trafico esperanças de que um dia essa sociedade melhore. 
Observando a palavra, me pergunto se essa não seria a junção de contra+bando. Se assim fosse, isso não seria divulgado! Mas sendo ou não, me sinto como se estivesse indo contra o “bando” que domina nosso país, como se estivesse por vezes nadando contra correnteza. Ao que pareço luto silenciosamente contra um bando inteiro, ou seriam quadrilhas? 
Contrabandista esquisitos somos de levar tantas esperanças e trazer tantas angústias. Esse é meu ofício, contrabandista da esperança.
ronielsampaio@gmail.com

Graduado em Ciências Sociais pela UFPI, mestre em Educação pela UNIR e docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí.

View more articles Subscribe
Leave a response comment3 Responses
  1. Camillo Cesar Alvarenga
    março 31, 16:39 Camillo Cesar Alvarenga

    Que profissão de fé sobre ser intelectual, Roniel. Belo texto e boas novas/outras mercadorias para contrabando.

    reply Reply this comment
  2. Pensamentos da Cleidoca
    abril 03, 14:06 Pensamentos da Cleidoca

    Maravilhoso também quero ser contra-bandista de esperança

    reply Reply this comment
  3. Luceny Laurett
    julho 16, 13:06 Luceny Laurett

    Me identifiquei com cada palavra. Senti a sua angústia, alegria, esperança…. a luta contra o status quo é de uma minoria; Mas é preciso perseverar. O projeto de do reino de Deus para a nossa sociedade: justiça, igualdade, solidariedade… sigamos em frente na luta contra-bandista…

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: