Por que os jovens costumam tirar fotos em espelhos ou em banheiros ou, ainda, nos dois e postar no Facebook?


Por que os jovens costumam tirar fotos em espelhos ou em banheiros ou, ainda, nos dois e postar no Facebook?

Por Cristiano das Neves Bodart

“Por que os jovens costumam tirar fotos em espelhos ou em banheiros ou, ainda, nos dois e postar no Facebook?” Essa pergunta veio de um dos leitores do blog Café com Sociologia. Existem diversas possibilidades de respostas, mas buscarei – me apropriando da Sociologia – dar uma “resposta” pelo menos orientadora.

Vivemos em uma sociedade onde a vida torna-se cada vez mais privada. O individualismo marcante de nossa sociedade tem levado os jovens a se fecharem em seu mundo, embora o ser humano tenha a tendência de interagir com outros indivíduos. A internet acaba sendo uma espécie de “válvula de escape” para essa individualidade que o perturba. Perturba porque o que somos, só somos a partir do outro, o qual é o nosso parâmetro. Buscamos ser muita coisa só porque do outro (não teria porque usar roupas novas e caras sem que as pessoas soubessem; ser bonito sem ser visto…). Vivemos o momento do “apareço, logo existo!” Mesmo em um mundo tão tendencioso à privacidade, essa parece ser a realidade.
Mas se o jovem só será algo a partir do outro, como lidar com o individualismo?
A saída tem sido a interação social por meio das redes virtuais de relacionamento. Por meio de tais redes o jovem consegue manter sua individualidade de forma pública. Como assim? Simples: se mantendo em meu mundo real individualizado e, ao mesmo tempo, participando de um outro mundo mais social, porém mais seguro que aquele. Mais seguro porque sua publicidade, de certa forma, é controlável. Pode escolher quem e o que quer compartilhar, ser visto. Isso nas relações sociais cara-a-cara não é tal fácil. Pode ter centenas de amigos e deixar de ter tais amigos em poucos cliques. Mas qual a relação disso com fotos em espelhos e banheiros?
O individualismo fez com que o jovem se sinta mais seguro quando está só. Estando só, no banheiro ou no quarto, cria-se um cenário propício para uma auto fotografia sem constrangimentos; sem ninguém para avaliá-lo. Assim, em seu mundinho individual, se sente seguro para fazer tantas poses quanto for necessária para uma foto classificável como boa (que ao meu ver são sempre horríveis, principalmente aquelas acompanhadas de biquinhos… rsrsrs). Não tendo nenhum parâmetro não precisará se preocupar com “micos”. Feitas as poses terá a possibilidade de publicizar no facebook a foto escolhida, tida como a melhor. Essa publicização ocorre de modo controlado… a qualquer sinal… qualquer comentário indesejado… a foto poderá ser retirada do compartilhamento. Essa postura aponta que a coletividade só é realizável devido a possibilidade de, ao menor sinal de perigo, retornar a “individualidade segura”. Assim, aparece para existir, mas se necessário desaparece em instantes!
Em suma, não seria possível se expor no mundo real pagando micos carregados de poses e biquinhos… melhor recorrer ao espelho!

Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP.

View more articles Subscribe
Leave a response comment19 Responses
  1. Márcio Albuquerque
    janeiro 09, 15:20 Márcio Albuquerque

    Ótimo texto! Faz sentido o convívio desses costumes a partir desses tipos de fotos tiradas.

    reply Reply this comment
  2. Cristiano Bodart Bodart
    janeiro 09, 15:43 Cristiano Bodart Bodart

    Márcio, obrigado e seja sempre bem vindo ao Café com Sociologia.

    reply Reply this comment
  3. Allan Teixeira
    janeiro 10, 06:16 Allan Teixeira

    Caro professor Cristiano Bodart realmente faz muito sentido, e além disso não só as redes sociais estão individualizando o indivíduo na relação social mas como também a grande utilização de filtros de busca na internet como o Bing da Microsoft e o Google estão individualizando muito mais do que o convívio social, os filtros de busca na internet quando usados de forma irresponsável estão limitando um amplo crescimento de agregamento de conhecimento, pois as pessoas buscam nesses filtros apenas o que lhe parece correto, ou que confirma as suas idéias ou seja apenas pesquisam um lado da moeda e não vêem a realidade total, e como se olhassem apenas para o "norte sem saberem que o sul existe", espero que tenha entendido, não sei se fui claro kkkkk.
    Trocando um pouco de assunto, tenho 19 anos, me inscrevi no Sisu (Sistema de seleção Unificada) para cursar a graduação de Direito na UFF (Universidade Federal Fluminense) e Direito na UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)na UFF creio que tenho chance de classificar minha nota não foi ruim, mas na UFRRJ a nota de corte está bem alta quase 848 praticamente a mesma nota do curso de Medicina pra você ver como a situação está, então eu e um amigo meu, pensamos em jogar a segunda opção para Filosofia, Sociologia ou História pois com a nota em que estamos facilmente entramos na federal, peço humildemente a sua opinião sobre os planos de carreiras no mercado de trabalho dessas áreas em especial Filosofia e Sociologia, Obrigado e desculpe este pequeno texto que no comentário vai ficar igual a um testamento kkkkk.

    reply Reply this comment
  4. Allan Teixeira
    janeiro 10, 06:18 Allan Teixeira

    AHH e parabéns pelo blog, mandei um comentário antes, espero que tenha recebido pois a net caiu aqui e logo voltou, aguardo resposta, vlw.

    reply Reply this comment
  5. Cristiano Bodart Bodart
    janeiro 10, 16:23 Cristiano Bodart Bodart

    Allan, com relação o mercado… difícil. Licenciatura (dar aula) é um pouco mais fácil ingressar no mercado, porém o salário é muito baixo. A não ser se desejar cursar o doutorado… ai as coisas melhoram um pouco.

    reply Reply this comment
  6. Anônimo
    janeiro 11, 14:22 Anônimo

    Sim, concordo com a questao do publicar o individual..mas esse lance de foto no banheiro nao tem nada a ver..tira-se fotos em variados lugares..ai ja forçou um pouco a barra..achismo…

    reply Reply this comment
  7. Cristiano Bodart Bodart
    janeiro 11, 17:01 Cristiano Bodart Bodart

    O Banheiro foi utilizado como exemplo da busca pelo "lugar secreto", mais "individualizado", sem as sanções dos outros…

    reply Reply this comment
  8. Thamiris Moreno
    janeiro 11, 18:40 Thamiris Moreno

    as vezes a gente tira foto no espelho porque fica mais bonita. A verdade é que o espelho deixa a gente mais fotogênico.

    reply Reply this comment
  9. Anônimo
    novembro 21, 01:54 Anônimo

    Hj a maioria das pessoas só ligam para aparência…Parte dos jovens querem aparecer,qt mais melhor…As mulheres perguntam pq grande parte dos homens só ligam para peito e bunda…
    A resposta é simples…Grande parte das mulheres não ligam para inteligencia,e sim para aparência da pessoa.

    reply Reply this comment
    • Anônimo
      fevereiro 19, 16:48 Anônimo

      Outro tema que daria um bom texto.O fato de as mulheres hoje se comportarem desse jeito é devido a quê? Há uma concorrencia, um certo desespero para não ficar sozinha. Põe silicone, alisa cabelo, tira costela, arranca o dedo midinho do pé. Elas fazem isso para ficarem mais bonitas para si mesmas? Hum, Duvido!!!!

      reply Reply this comment
    • Ellen L. de Oliveira
      novembro 13, 08:13 Ellen L. de Oliveira

      (Anos depois) cada caso é um caso, mas acredito que não, a maioria não faz pra elas mesmas, visto que tudo é construção social, e que a mídia bombardeia o tempo todo um estereótipo de corpo específico. Vivemos atualmente na era do culto a imagem. Tem que ser lindo e o lindo é aquilo que está dentro dos padrões.
      Tanto mulheres quanto homens que se submetem a procedimentos desse tipo estão querendo agradar a sociedade no geral, para que assim se sintam aceitos. Afinal, hoje em dia, se vc não está dentro do padrão, vc automaticamente passa a ser ignorado.

      reply Reply this comment
  10. Antonio Filho Oliveira
    fevereiro 21, 12:15 Antonio Filho Oliveira

    muito interessante, sempre me fazia esta pergunta, mais nunca me atentei para estas questões do individualismo, e do mundinho propio, muito interessante parabéns estou curtino pra caramba este blog.

    reply Reply this comment
  11. Cristiano Bodart Bodart
    fevereiro 21, 13:58 Cristiano Bodart Bodart

    Bom que tenha gostado do blog! Volte sempre.

    reply Reply this comment
  12. Anônimo
    fevereiro 27, 14:52 Anônimo

    Às vezes tem um lance técnico também. Eu adquiri uma câmera recentemente, mas ainda não domino totalmente seu mecanismo. Pode ser que seja falta de experiência, mas é certo que, para que a imagem saia legal, tenho que improvisar um monte de coisas (apoio, pois não tenho um tripé grande, apenas um tripé pequenininho), ajustar zoom, configurações diversas, essas coisas. Minha câmera é compacta, mas tem que pensa que ela é uma semi profissional por causa do tamanho. Tem um zoom de 35 x. Se eu simplesmente apontar a câmera para mim e clicar, a imagem fica deformada, horrível. Então eu acho que o espelho se torna uma solução mais fácil, para quem ainda não tem prática nos auto retratos. Mas uma coisa é verdade, num ambiente íntimo vc pode fazer essas experiências sem ninguém te enchendo o saco ou te julgando. E para fotografia tem se ter certa paciência. Eu acho que junta tudo isso.

    Já usei o espelho algumas vezes para auto retratos, mas sempre escolho um ângulo em que não aparece a câmera. Daí não parece que foi no espelho. 🙂

    reply Reply this comment
  13. Jaqueline Peixoto Lima
    setembro 14, 18:18 Jaqueline Peixoto Lima

    Muito interessante esse ponto de vista em relação ao fato do modo com os jovens tiram suas fotos,porque realmente pensando por esse lado é verídico o que diz o autor,muitas vezes é mais fácil expressar seus sentimentos,ou postar uma foto mostrando como você ou como se veste em redes sociais do que pessoalmente com as pessoas .Em uma rede social mesmo que julgado você pode excluir ou selecionar apenas as pessoas que gosta pra ver o que você posta já na vida real é bem mais complicado porque todos estão vendo te analisando e te julgando e não tem como voltar atrás quando se toma uma atitude ou tira uma foto,veste uma roupa,então chegamos a conclusão que os jovens se individualizam por medo de não serem aceitos pela sociedade por nem sempre seguirem as "regras" que são impostas.

    reply Reply this comment
  14. Pamela Carolina
    agosto 06, 01:05 Pamela Carolina

    Excelente texto.

    reply Reply this comment
  15. Matheus Nascimento
    dezembro 15, 12:32 Matheus Nascimento

    Muito boa a análise. Como complemento poderíamos elencar o fato da sociedade do séc XXI ter necessidade de ser aceita. A rejeição, a subversão são sentimentos raros. Todos querem ser aceitos, e "populares por isso, tudo tem que ser de fácil aceitação. Todavia isso custa o preço da formação de um cidadão crítico, pois esse, sim, adora a subversão, a contrariedade…

    reply Reply this comment
  16. Élida Alexandre
    abril 23, 00:21 Élida Alexandre

    Cara, eu acho que é só uma moda mesmo. Não precisa ficar tentando encontrar problema psicológico no comportamento dos outros. Ninguém é normal. Até porque esse "normal" não existe. Cada um tem seu jeito de ser. Você já parou para pensar que essa geração é diferente da sua? Qual a sua idade? E essas fotos tiradas assim, no espelho, foi coisa da época que celular ainda não tinha câmera frontal. Daí a pessoa queria tirar uma foto de si mesma, não tinha ninguém para fazer o favor para ela, daí ela ia no espelho. É só isso. E não são somente jovens que fazem isso. Pessoas de todas as idades fazem e famosos também fazem. Não é um problema psicológico de adolescentes de autoaceitação, sei lá. Só acho que seu texto pode plantar muita minhoca na cabeça dos outros. A galera que nasceu dos anos 90 pra cá acompanhou e ainda acompanha a tecnologia. Você já ouviu falar de selfie? Bom, espero que você não apague o meu comentário e deixe outras pessoas analisarem um ponto de vista diferente do seu, menos arcaico, por que muitas pessoas podem achar que tem problemas psicológicos, enquanto elas apenas estão se divertindo. As coisas mudam muito rápido e a tecnologia já evoluiu o suficiente para conseguirmos autoretratos mais agradáveis aos olhos dos outros e sem azulejo do banheiro como background.

    reply Reply this comment
  17. Cris
    dezembro 07, 21:47 Cris

    Algumas pessoas tiram fotos no espelho porque ele diminui a deformação causada pelas lentes pequenas do celular ou câmera. Em alguns banheiros estes espelhos são bem maiores.

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: