Passos para um Projeto da Pesquisa em Sociologia

Orientações básicas, aos alunos de Ensino Médio, para a realização de pesquisa de Sociologia
1 – Escolha do Tema
Existem dois fatores principais que interferem na escolha de um tema para o trabalho de pesquisa. Abaixo estão relacionadas algumas questões que devem ser levadas em consideração nesta escolha:

1.1    – Fatores internos
 – Afetividade em relação a um tema ou alto grau de interesse pessoal.
Para se trabalhar uma pesquisa é preciso ter um mínimo de prazer nesta atividade. A escolha do tema está vinculada, portanto, ao gosto pelo assunto a ser trabalhado. Trabalhar um assunto que não seja do seu agrado tornará a pesquisa num exercício de tortura e sofrimento.
Tempo disponível para a realização do trabalho de pesquisa.
Na escolha do tema temos que levar em consideração a quantidade de atividades que teremos que cumprir para executar o trabalho e medi-la com o tempo dos trabalhos que temos que cumprir no nosso cotidiano, não relacionado à pesquisa.
– O limite das capacidades do aluno pesquisador em relação ao tema pretendido.
É preciso que o aluno pesquisador tenha consciência de sua limitação de conhecimentos para não entrar num assunto fora de sua capacidade de desenvolvimento.

            1.2 – Fatores Externos
A significação do tema escolhido, sua novidade (na forma que será abordado).
Na escolha do tema devemos tomar cuidado para não executarmos um trabalho que não interessará a ninguém. Se o trabalho merece ser feito que ele tenha uma importância qualquer para pessoas, grupos de pessoas ou para a sociedade em geral.
 – O limite de tempo disponível para a conclusão do trabalho.
O tema escolhido deve estar delimitado dentro do tempo possível para a conclusão do trabalho (no nosso caso, 4 semanas).
 – Material de consulta e dados necessários ao pesquisador
Um outro problema na escolha do tema é a disponibilidade de material para consulta. Muitas vezes o tema escolhido é pouco trabalhado por outros autores e não existem fontes secundárias para consulta. A falta dessas fontes obriga ao pesquisador buscar fontes primárias. Este problema não impede a realização da pesquisa, mas deve ser levado em consideração para que o tempo institucional não seja ultrapassado.
           
            2 – Levantamento ou Revisão de Literatura
            Após escolhido o tema deverão efetuar o Levantamento de Literatura, ou seja, um levantamento teórico (em livros ou artigos acadêmicos da Net). Deverá ser redigido pelo menos um capítulo abordando o que outros pesquisadores já afirmaram sobre seu tema e sua problemática.
            3 – Problema
        O problema é a mola propulsora de todo o trabalho de pesquisa. Depois de definido o tema, levanta-se uma questão para ser respondida através de uma hipótese, que será confirmada ou negada através do trabalho de pesquisa. O Problema é criado pelo próprio autor e relacionado ao tema escolhido. O autor, no caso, criará um questionamento para definir a abrangência de sua pesquisa. Não há regras para se criar um Problema, mas alguns autores sugerem que ele seja expresso em forma de pergunta. Particularmente, prefiro que o Problema seja descrito como uma afirmação.
     Exemplo:
            Tema: A educação da mulher: a perpetuação da injustiça.
Problema: A mulher é tratada com submissão pela sociedade (?).
                  
3 – Hipótese
Hipótese é sinônimo de suposição. Neste sentido, Hipótese é uma afirmação categórica (uma suposição), que tente responder ao Problema levantado no tema escolhido para a pesquisa. É uma pré-solução para o Problema levantado. O trabalho de pesquisa, então, irá confirmar ou negar a Hipótese (ou suposição) levantada.
Exemplo: (em relação ao Problema definido acima)
Hipótese: A sociedade patriarcal, representada pela força masculina, exclui as mulheres dos processos decisórios.
4 – Justificativa
A Justificativa num projeto de pesquisa, como o próprio nome indica, é o convencimento de que o trabalho de pesquisa é fundamental de ser efetivado. O tema escolhido pelo pesquisador e a Hipótese levantada são de suma importância, para a sociedade ou para alguns indivíduos, de ser comprovada.
Deve-se tomar o cuidado, na elaboração da Justificativa, de não se tentar justificar a Hipótese levantada, ou seja, tentar responder ou concluir o que vai ser buscado no trabalho de pesquisa. A Justificativa exalta a importância do tema a ser estudado, ou justifica a necessidade imperiosa de se levar a efeito tal empreendimento.
5 – Objetivos
A definição dos Objetivos determina o que o pesquisador quer atingir com a realização do trabalho de pesquisa. Objetivo é sinônimo de meta, fim.
Alguns autores separam os Objetivos em Objetivos Gerais e Objetivos Específicos, mas não há regra a ser cumprida quanto a isto e outros autores consideram desnecessário dividir os Objetivos em categorias.
Um macete para se definir os Objetivos é colocá-los começando com o verbo no infinitivo: esclarecer tal coisa; definir tal assunto; procurar aquilo; permitir aquilo outro, demonstrar alguma coisa etc..
  
6 – Metodologia
A Metodologia é a forma como será realizado a pesquisa. Aação desenvolvida no método (caminho) do trabalho de pesquisa.
É a explicação do tipo de pesquisa, do instrumental utilizado (questionário, entrevista etc), do tempo previsto, da equipe de pesquisadores e da divisão do trabalho, das formas de tabulação e tratamento dos dados, enfim, de tudo aquilo que se utilizou no trabalho de pesquisa.
 7 – Referências
As referências dos documentos consultados para a elaboração do Projeto é um item obrigatório. Nela normalmente constam os documentos e qualquer fonte de informação consultada no Levantamento de Literatura.
Observação: O documento final do Projeto de Pesquisa deve conter:
 – Capa ou Falsa Folha de Rosto (obrigatório);
 – Folha de Rosto (obrigatório);
 – Sumário (obrigatório);
 – Texto do projeto (baseado nas características enunciadas acima) (obrigatório);
 – Referências (obrigatório);
 – Capa (se quiser).
Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP.

View more articles Subscribe
Leave a response comment7 Responses
  1. Silvia
    dezembro 22, 18:08 Silvia

    Boa tarde

    Eu sou uma aluna Portuguesa, que ingressou este ano para a Faculdade e tenho em mãos um trabalho de análise e investigação em Sociologia.

    Consiste em pegarmos num facto social, á nossa escolha, e podermos enquadra-lo e explica-lo segundo a visão de Durkheim.

    Pesquisei alguns factos sociais que pudessem ser interessantes para analisar, e escolhi o Crime. Durkheim, no 3º capitulo fala muito deste tema, considerando-o um facto normal. Mas agora estou na dúvida, se o "Crime" é mesmo um facto social, ou se é consequência de vários factos sociais.

    Estou um pouco confusa com este tema, e não sei se será a melhor escolha do tema.

    Felicito-o pelo seu Blog.
    Obrigada pela atenção

    Sílvia

    reply Reply this comment
  2. Cristiano Bodart Bodart
    dezembro 22, 18:25 Cristiano Bodart Bodart

    “Fato social é toda a maneira de fazer, fixada ou não,
    suscetível de exercer sobre o indivíduo uma coerção
    exterior: ou então, que é geral no âmbito de uma dada
    sociedade tendo, ao mesmo tempo, uma existência própria,
    independente das suas manifestações individuais”
    (DURKHEIM, Émile. As Regras do Método Sociológico. Tradução de Pietro Nassetti- Ed. Martin Clareto –
    São Paulo, 2007. pág. 40).

    Silvia,
    Do conceito de Fato Social podemos extrair três
    características ou elementos básicos: Coerção Social; Exterioridade em Relação ao Indivíduo e Generalidade.

    o crime se enquadra como um fato social sim, porém Durkheim o classificou como normal, uma vez que é geral (toda a sociedade tem), é exterior ao indivíduo e corcitivo(as ondições sociais os levam ao crime). Porém, se este começa a existir de forma ampla afetando as demais partes da sociedade passa a ser patológico.
    É normal quando contribui para o funcionamento da sociedade (um ladrão ao roubar fortalece a consciência coletiva dos indivíduos em torna da morma ou lei não observada, além dissi sua prisão será um exemplo para os demais – o crime reduz a criminalidade, essa seria o princípio básico, desde que em baixos índices)

    reply Reply this comment
  3. Anônimo
    fevereiro 15, 12:54 Anônimo

    Olá Prof. Cristiano. Sou professor e estudante de pós-graduação em Metodologia de Ensino em Filosofia e Sociologia e mestrando em Desenvolvimento Regional. Os passos para o projeto em pesquisa em sociologia foram muito úteis para mim. Pretendo aplicá-los assim que possível.
    Obrigado.
    Prof. Elson Mota – Blumenau (SC)

    reply Reply this comment
  4. Cristiano Bodart Bodart
    fevereiro 15, 13:03 Cristiano Bodart Bodart

    Fico feliz em saber que foi útil

    reply Reply this comment
  5. Maira Conde
    setembro 26, 19:18 Maira Conde

    A postagem é antiga, mas sempre muito útil. Estou escrevendo um projeto pela primeira vez e este passo a passo é muito didático. Obrigada!

    reply Reply this comment
  6. Maira Conde
    setembro 26, 19:19 Maira Conde

    A postagem é antiga, mas sempre muito útil. Estou escrevendo um projeto pela primeira vez e este passo a passo é muito didático. Obrigada!

    reply Reply this comment
  7. manoel pereira dos santos
    março 11, 12:30 manoel pereira dos santos

    Sou acadêmico do Curso Licenciatura em Sociologia e agradeço às postagens referente ao Projeto de Pesquisa…
    Mto obg professores e colegas…
    att
    Profº Manoel Santos

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: