O pensamento sociológico

A dica de leitura é o texto escrito por Flávio Marcos Silva Sarandy (professor da UFF) intitulado “Sociologia: uma apresentação pouco convencional”.

Sarandy busca explicar ao leitor o que seria uma perspectiva sociológica do mundo. Para isso, desenvolve uma argumentação baseada em uma situação vivida por uma empregada e seu marido.
A partir da experiência da empregada e de seu marido, Sarandy busca apresentar a diferencia da interpretação do cotidiano pela visão do senso comum e pela Sociologia. Assim, aponta duas formas fundamentais de ver as situações da vida humana.
“A primeira, individualista e fundada na idéia de liberdade e de interesse como único motor da ação humana. A segunda, com ênfase na sociedade (vista como uma totalidade superior em relação a suas partes que, no caso, são os indivíduos), propõe que o autor desse texto, você, seu vizinho e qualquer outra pessoa agem em função de normas sociais mais ou menos rígidas que agem como condicionantes. A primeira inverte essa relação e quer que o todo (a sociedade) seja mera somatória de suas partes (as consciências individuais). A segunda, ao contrário, quer afirmar o peso esmagador do topo sobre a base, do todo sobre as partes” (SARANDY, p.11, s/d).  

Eis um quadro proposto por Sarandy:

Para ler o texto completo clique aqui

Visite também os blogs  Mangue Sociológico e Ciência Social Ceará

Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP.

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: