A prática do totalitarismo no Brasil e na Alemanha pós-primeira Guerra Mundial sob a ótica das obras de Herf e de Benzaquen

Nova edição da Revista Cogitationes

Nesta edição está sendo publicada uma artigo de minha autoria, em co-autoria com Cassiane Ramos Marchiori, sob o título A prática do totalitarismo no Brasil e na Alemanha pós-primeira Guerra Mundial sob a ótica das obras de Herf e de Benzaquen
Segue a apresentação da revista e os devidos links para os demais artigos…
Boa leitura!

Apresentação – Ano II, Nº 05, Juiz de Fora, agosto – novembro/2011

Poder apresentar a Reviista Cogitationes é sempre um grande prazer, que se intensifica a cada vez que colocamos um novo número no ar. Cada nova edição da revista é a confirmação de que vale a pena investir de forma autônoma na divulgação de conhecimento, buscando sempre a idoneidade e a imparcialidade esperada para uma publicação científica.
Neste número, contaremos com a participação especial, não só pela importância mas também pelos laços afetivos que nos unem, de dois pesquisadores portugueses, são eles: Ernesto Castro Leal, professor da Faculdade de Letras e Investigador do Centro de História da Universidade de Lisboa que interpreta, em seu texto Modernistas portugueses, a Grande Guerra e a Europa (1915-1935), diversas “representações estético-literárias e posições públicas de modernistas portugueses, com maior ou menor vinculação a programas ideológicos e políticos, em face da primeira guerra mundial”, buscando explorar as circunstâncias (no sentido que esta palavra possui no vocabulário orteguiano) portuguesas no período ensejado. E, ainda d’além mar, contamos com a contribuição da professora Odília Gontardo Freitas que nos oferece para leitura seu textoÉtica, educação e cidadania. Reflexão a partir de um caso português. Escreve a autora que o objetivo do “ensaio é reflectir sobre a exigência ética da educação e o modo como a escola pode contribuir para formar cidadãos adaptados à sociedade do conhecimento numa era de globalização.”
Do lado de cá do Atlântico, contamos com contribuição de Cassiane C. Ramos Marchiori, mestranda em História Social das Relações Políticas da UFES e de Cristiano das Neves Bodart, aluno do doutorado em sociologia da USP. Os autores buscam refletir, em A prática do totalitarismo no Brasil e na Alemanha pós-primeira Guerra Mundial sob a ótica das obras de Herf e de Benzaquen sobre a questão dos regimes totalitaristas, na Alemanha pré-nazista e no Brasil, com as ideias pregadas por Plínio Salgado, buscando proximidades e distanciamentos entre o modernismo reacionário alemão e o integralismo brasileiro.
O acadêmico Vinícius Silva de Souza, mestrando pela UnB, expõe as ideias do filósofo e psiquiatra alemão Karl Jaspers em seu trabalho Uma leitura sobre a obra ‘Psicologia das Visões de Mundo’ de Karl Jaspers.
Por fim, temos o trabalho de Milena Guerson, mestranda em Estudos Literários/Teoria da Literatura, pela UFMG. Em seu artigo Olhares sobre a obra de Marcel Duchamp, a autora propõe um estudo básico sobre a obra de Duchamp, ressaltando sua inserção no panorama artístico da modernidade, e a herança disseminada para o pensamento contemporâneo em arte.

Visite também os blogs  Mangue Sociológico e Ciência Social Ceará
Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP.

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: