Política do Pão e Circo

O termo originário na Roma Antiga continua sendo muito útil para descrever práticas atuais.
O caso ocorrido em 2012, na Cidade do sul do estado do Espírito Santo é bem emblemático. Por lá impera a ideia de que se o prefeito “rouba mas faz” está tudo certo. Nessa cidade, ficou provado pelo Ministério Público as práticas corruptas do prefeito da cidade e de muitos dos vereadores, mas a população, em sua maioria, apóia o prefeito e acredita que mesmo tendo roubado os cofres públicos merecem ser inocentados, já que “ajudava” os pobres.
Segue uma reportagem sobre o assunto que pode servir de ponto inicial para uma discussão entorno da corrupção, do paternalismo, do clientelismo e da corrupção.
Mesmo se ficar provado que ele roubou, ele é muito bom prefeito 

Elba das Neves, lavradora

Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP). Professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e docente do Centro de Educação dessa mesma instituição de ensino. Fundador e editor do Blog Café com Sociologia. Pesquisa as temática "movimentos sociais" e "ensino de Sociologia".

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: