Lançamento do livro “Rock and Roll é nosso trabalho: A Legião Urbana do underground ao mainstream”, de Érica Ribeiro Magi.

A Doutoranda em Sociologia pela USP lançará livro que trata do Rock brasileiro. A autora analisa o importante papel da banda Legião Urbana, de maneira articulada ao trabalho de jornalistas da grande imprensa e produtores musicais, na consolidação comercial e cultural do Rock no Brasil na década de 1980.

Lançamento do Livro
Local: Livraria Martins Fontes (Avenida Paulista, 509). São Paulo/SP.
Data: 26 de Junho (Quarta-Feira)

O Livro pode ser adquirido aqui


Há algum tempo, o rock era visto como algo que desviava a atenção dos alunos, mas hoje virou objeto de estudos, agora materializado em forma de livro de Érica Ribeiro Magi sobre a Legião Urbana. É evidente que, ao longo desses anos, houve uma institucionalização e um apaziguamento do rock enquanto prática cultural. São inúmeros os músicos de rock que se tornaram “sir”, agraciados pela rainha da Inglaterra com títulos de nobreza. Isso para não mencionar a enorme quantidade de músicos que se transformaram numa espécie de “santos laicos”, compondo parte da mitologia das sociedades contemporâneas, de Jim Morrison a Kurt Cobain, de John Lennon a Raul Seixas – a lista é grande.
Também precisamos notar que houve uma progressiva abertura nas universidades, em particular nas ciências humanas e sociais, para incluir o rock no rol dos temas “sérios” que mereciam ser estudados. Nos países de língua inglesa, muito do que chamamos atualmente de Estudos Musicais deve-se ao rock.
No Brasil, os estudos sobre música popular, ao menos num primeiro momento, privilegiaram as identidades musicais nacionais, e o rock, aqui, não lutava por reconhecimento acadêmico, por ser música popular, mas contra seu aspecto importado. Para se legitimar enquanto um tema de pesquisa viável na universidade brasileira, o estilo teve que lutar contra seu estrangeirismo. Por sorte, esse quadro também está mudando, e musica e musicalidades antes tidas como “importadas”, não ligadas diretamente ao aspecto da construção da identidade nacional, estão sendo cada vez mais estudadas no Brasil. E este livro é prova disso.

Sobre a autora: Érica Ribeiro Magi fez Ciência Sociais na Universidade Estadual Paulista, em Marília, onde também concluiu seu mestrado em Sociologia da Cultura. Atualmente, cursa o doutorado em Sociologia na Universidade de São Paulo, onde continua suas pesquisas sobre rock brasileiro e indústria cultural na década de 1980.

Contato com a autora: erica_magi@yahoo.com.br
Currículo Lattes da autora Aqui

Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP.

View more articles Subscribe
Leave a response comment2 Responses
  1. Vanessa Rocha
    junho 25, 19:15 Vanessa Rocha

    Que bacana….as letras da banda são muito politizadas e tem muita poesia tb..Renato Russo, pra mim, está no hall dos grandes poetas brasileiros….com direito a revolta do rock…

    reply Reply this comment
  2. História
    julho 10, 15:11 História

    Adorei!

    Pena que nas faculdades de História do RS este tema é visto com muito preconceito ainda. Sou formado em História, toco numa banda de Rock and roll e gosto muito do Rock nacional de protesto, tipi Legião, Ultraje, Barão, Raul, Camisa etc…

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: