Dica de atividade: Como organizar um seminário com os alunos

Por Roniel Sampaio Silva
1- INTRODUÇÃO
Com base nas experiências de sala de aula, preparamos uma metodologia para o uso de seminários em aulas de sociologia, mas que serve para toda e qualquer matéria, desde que feitas algumas adptações.

As aulas de sociologia ensejam muitos debates, participações, relato de experiências de vida e intervenções em geral por parte dos alunos e  isso é um aspecto muito posivo. No entanto, só o confronto de opiniões sem sustentação teórica e metodológica constitui um perigo para formação dos alunos. Aí entra o fortalecimento dos conteúdos, conceitos, categorias e teorias da sociologia, ou seja, as ferramentas do pensamento sociológico para compreensão crítica da realidade social.
Na minha opinião o maior desafio para os professores de sociologia é problematizar de maneira “equalizada” o conhecimento científico da sociologia com o senso comum dos alunos.
Se por um lado a fala do professor para fixação do conteúdo básico é importante, por outro, a participação dos alunos é igualmente importante a fim de proporcionar um feedback que “quebre” a monotonia da teoria, além de servir para contextualização da teoria, desenvolvendo assim a imaginação sociológica.
Por isso é importante que o professor, além de trabalhar bem os conteúdos em sala de aula, proporcione aos alunos autonomia e espaço para, com a devida orientação, externar seus pontos de vista com base nas teorias estudadas.
Para isso é importante criar espaços para isso. O grande poblema está no curtíssimo tempo das aulas que comprometem o conteúdo ou a participação dos alunos. A
Uma boa saída para esse problema é o uso de seminários tão logo o professor tenha fixado conteúdos básicos nas aulas anteriores.
Agora você me pergunta, como fazer o bom uso desses seminários? Vou narrar de maneira bem sistemática uma metodologia que desenvolvi para seminários em sociologia.


2- METODOLOGIA
2.1- Grupos
Para fazer um bom seminário, nada de muitos temas. Opte por no máximo 5 e divida a turma nesta cifra e destine uma aula para cada grupo. Assim, todos os integrantes terão tempo de expor o conteúdo e trabalhar bem o assunto.
2.1- Objetividade
Os temas costumam ser muito amplos. Por essa razão, procure criar 5 questões norteadoras para dar um determinado enfoque e objetividade aos seminários.
Exemplo:
Grupo 1 -1º Atividade – Introdução à democracia
 Objetivo: Apresentar previamente como era a democracia ateniense
1- Qual a necessidade do surgimento da concepção democrática na Grécia antiga?
2- Qual a relação entre democracia e escravidão na antiguidade clássica?
3- Quem eram poderiam votar e ser votado na democracia ateniense?
4- Como eram constituídas as assembleias (eclésias) e como elas eram conduzidas?
5- Faça um paralelo com a democracia ateniense com a democracia brasileira e discuta se o voto no Brasil deve ser obrigatório ou facultativo?
3- CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES E TEMAS TEMAS
Com a definição prévia dos 5 temas e das suas respectivas questões norteadoras, solicite que os grupos  entreguem a você um papel no qual contenha uma lista com o nome integrantes. De posse das 5 listas, faça um sorteio dos temas dos respectivos grupos. Estes temas já tem sequência lógica do conteúdo programático pré-definida.
Feito o sorteio, anote o nome dos componentes do grupo e a respectiva ordem de apresentação destes. Caso algum aluno tenha dificuldade de se aderir em algum grupo, você pode inseri-lo. Por fim, anote o cronograma de apresentação, grupos e temas no quadro.
Agora, entregue um papel com os temas, questões norteadoras e critérios de avaliação impressos juntamente com as orientações para apresentação.
4- ORIENTAÇÃO PARA
APRESENTAÇÕES
-Inicialmente
apresente o tema e o  objetivo da apresentação, bem como, como ela será
dividida. Apresente um roteiro básico na forma de sumário para que a turma compreenda qual “percurso cognitivo” você vai seguir para atingir o objetivo do tema.
-Cada
integrante deve fazer um roteito próprio com tópicos escritos em
papel de fichamento ou outro. Este ficará de posse do aluno e não precisa
ser entregue ao professor.
-Não
faça leituras longas nem de slides e nem do roteiro que está de
posse de você, isso torna a apresentação cansativa.
-No caso
de slides, use cores que contrastam com o fundo para facilitar a
leitura e coloque o mínimo de informações possíveis.
-Use bem
o tempo, procure planejá-lo adequadamente. Ao final da aula, deve ser reservado o tempo mínimo de 10 minutos para que o professor comente sobre as observações que ele anotou durante a apresentação.
-Lembre-se
que o trabalho é em grupo, caso falte algum integrante, o assunto do aluno falto deverá ser comentado pelo grupo.
-Lembrem-se
de integrar as palavras ditas pelos seus colegas na sua fala no
sentido da explicação. Procure dialogar sua fala com temas anteriormente estudados e, principalmente, com a fala dos demais integrantes do grupo.
-Caso o
colega se atrapalhe e “dê branco” na hora da apresentação, você
pode sutilmente fazer uma nota sobre o assunto, com o cuidado de não
sobrepor a fala do colega.
– É recomendável que o grupo faça um ensaio da apresentação anteriormente.
– O material básico de referência pode ser baixado em https://goo.gl/8tYtGg. Além disso, outras referências podem ser usadas desde que abordem as questões norteadoras e objetivo proposto.
– Apresente os critérios de avaliação abaixo anteriormente.
5- AVALIAÇÕES
A nota será atribuída para o grupo e será definida tanto pela turma e pelo professor. Os itens avaliados pelo professor dizem respeito as competências do mestre e os itens que serão avaliados pela turma dizem respeito a habilidades dos alunos. 

Lembre-se de no início da aula distribuir fichas de avaliação para cada estudante da turma, exeto para os expositores.

A média final será resultado da nota do professor + a média ponderada das notas atribuídas por cada aluno. 
Calculado da seguinte forma: 50 (nota professor)  + 50 (média da turma) = 100 (nota final)

Critérios e respectivos pesos a seguir:

TD P { margin-bottom: 0cm; }TD P.western { }P { margin-bottom: 0.21cm; }P.western { }

5.1-
AVALIAÇÃO DA TURMA
Número
do Grupo
1-
( ) 2-( ) 3-( ) 4-( ) 5-( )
Tema
do Grupo
Componentes
Item
Pergunta
Variação
de Nota
Nota
TOTAL
Clareza
da explicação
A
explicação do grupo foi clara?
De
0 a 20
Diálogo
com a turma?
O
grupo dialogou com turma e instigou os alunos para participação?

De
0 a 20
Criatividade
O
grupo apresentou a proposta de maneira criativa?
De
0 a 10
5.2-
AVALIAÇÃO DO PROFESSOR
Número
do Grupo
1-
( ) 2-( ) 3-( ) 4-( ) 5-( )
Tema
do Grupo
Componentes
Item
Pergunta
Variação
de Nota
Nota
TOTAL
Domínio
de conteúdo
O
grupo domina do tema apresentado?
De
0 a 30
Contextualização
do tema
O
grupo relacionou o tema com outros temas estudados anteriormente
e/ou exemplificou bem as situações? Os integrantes do grupo
dialogaram suas falas entre si durante a apresentação?
De
0 a 10
Uso
do tempo e participação dos integrantes
O
grupo usou bem o tempo da aula e todos os expositores falaram de
maneira equitativa?
De
0 a 10
Um outro aspecto legal da atividade é que é possível o professor fazer uma avaliação da sua própria apresentação uma vez que os alunos tendem a explicar tendo como referência a forma de atuação do professor.

TD P { margin-bottom: 0cm; }TD P.western { }P { margin-bottom: 0.21cm; }P.western { }

O que achou do relato de experiência? Comente aqui no blog e conte para nós qual foi o seu resultado.
[email protected]

Graduado em Ciências Sociais pela UFPI, mestre em Educação pela UNIR e docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí.

View more articles Subscribe
Leave a response comment7 Responses
  1. Weyden Cunha
    maio 11, 17:01 Weyden Cunha

    Cara, muito bom o teu sistema! Dá até para fazer um histórico da evolução dos alunos na apresentação do seminário.

    reply Reply this comment
  2. JEDIEL MENDES
    fevereiro 17, 22:06 JEDIEL MENDES

    Um turma com 60 alunos será que 5 temas é suficiente?

    reply Reply this comment
  3. josé dantas
    maio 18, 14:21 josé dantas

    Vou aplicar hoje !

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: