Pensamentos de Nelson Mandela

Pensamentos de Nelson Mandela

 O
caráter de um homem se mede pelo que pensa e faz. O fazer é reflexo do pensar,
embora nem sempre o pensar é convertido em ação. No caso do grande Nelson
Mandela
, seu pensar e seu agir estiveram ao longo de toda a sua trajetória bastante
harmonioso.

Segue
alguns pensamentos atribuídos a esse grande exemplo:
“Ninguém
nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por
sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a
odiar, podem ser ensinadas a amar.”
“A
educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo.”
“O
bravo não é quem não sente medo, mas quem vence esse medo.”

“Se
você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça
dele. Se você falar com ele em sua própria linguagem, você atinge seu
coração.”
“Não
há nada como regressar a um lugar que está igual para descobrir o quanto a
gente mudou”.
“Sonho
com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para
viverem como irmãos.
“Uma
boa cabeça e um bom coração formam sempre uma combinação formidável”.
“Não
se esqueça de que os santos são pecadores que continuam tentando”.
“Não
poderás encontrar nenhuma paixão se te conformas com uma vida que é inferior
àquela que és capaz de viver”.
“Aprendi
que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homem
corajoso não é aquele que não sente medo, mas o que conquista esse medo”.
“Perdoem.
Mas não esqueçam!”
“Devemos
promover a coragem onde há medo , promover o acordo onde existe conflito, e
inspirar esperança onde há desespero”.
“Nascemos
para manifestar a glória do Universo que está dentro de nós. Não está apenas em
um de nós: está em todos nós. E conforme deixamos nossa própria luz brilhar,
inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo. E
conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença, automaticamente, libera
os outros”.
Cristiano Bodart

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Docente do Centro de Educação da Ufal.

View more articles Subscribe
Leave a response comment1 Response
  1. Thaai Caroline
    dezembro 09, 13:33 Thaai Caroline

    Ótimo post!

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: