Dica de música: Vida de operário – Pato Fu

Dica de música: Vida de operário – Pato Fu

 

Fim de expediente cinco e meia
Cartão de ponto, operários
Saem da fábrica cansados da exploração
Oito horas e de pé
E de pé na fila ônibus lotado
Duas horas em pé ou sentado
Vida de operário
Vida de operário
Vida de operário
Braços na máquina operando a situação
Crescimento da produção
E o lucro é do patrão
Semana é do patrão
Ganância é do patrão

 

(baixe a música aqui)

A música da Banda Pato Fú traz algumas reflexões sobre o cotidiano de muitos trabalhadores brasileiros e demais trabalhadores inseridos no sistema capitalista.

No primeiro momento da canção, o cartão rde ponto representa controle do tempo para garantir que o tempo destinado ao trabalho esteja dentro das metas de produção para exploração da força de trabalho. Além disso, há um relato da rotina desgastante de muitos operários os quais não têm acesso a bons serviços públicos e tampouco condições de trabalho. Por isso, a música critica o duplo destratamento do trabalhador tanto em relação ao patrão como em relação ao Estado.

Na segunda parte da música opera sobre o conceito da mais-valia que na concepção marxista perpetra as desigualdades sociais nas classes sociais, favorecendo sempre uma classe dominante em detrimento de uma classe dominada justamente pelo fato do excedente produzido pelo tabalho ir concentrando-se nos “bolsos do patrão”.

Roniel Sampaio Silva

Mestre em Educação e Graduado em Ciências Sociais. Professor do Programa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – Campus Floriano. Dedica-se a pesquisas sobre condições de trabalho docente e desenvolve projetos relacionados ao desenvolvimento de tecnologias.

View more articles Subscribe
Leave a response comment32 Responses
  1. Hernandes Moraes
    setembro 16, 19:57 Hernandes Moraes

    Assim nós estamos vivendo hoje trabalhadores que precisam acordar cedo e enfrentar onibus lotados, e voltar para casa a noite (se ninguem
    o assaltar) para receber salarios muito baixos! mas é assim parece que estamos de maos atadas para isso! ate fizemos protestos pra tentar mudar isso mas nao deu certo enfim é assim.

    reply Reply this comment
  2. Iury Landin
    setembro 16, 20:32 Iury Landin

    Sim! é isso que estamos vivendo hoje, até parece a época dos escravos. Os operários recebem pouco, ninguém da valor ao seu trabalho… Além de fazer muito esforço e receber pouco as coisas ficam caras… Não estou falando de refrigerante, salgadinho estou falando de arroz, feijão… Agora alguém lembra o que ouve com o tomate?
    Claro né! Preço de um quilo de carne ou um pacote de arroz se não for muito exagero

    reply Reply this comment
  3. Debora NuneS
    setembro 16, 23:33 Debora NuneS

    Adorei! muito legal realmente este texto trata do cotidiano dos trabalhadores e do sistema capitalista no qual vivemos.Em que o trabalhador levanta cedo, pega um ônibus lotado e vai trabalha para deixar seu patrão rico ,mais rico enquanto recebe um salário insignificativo.

    reply Reply this comment
  4. Lucas Aires
    setembro 17, 10:48 Lucas Aires

    Os trabalhadores são uma parte em desvantagem, eles não tem os seus direitos respeitados, são desvalorizados. Pena que essa realidade persiste, mas pode ser mudada, temos que trabalhar juntos para o bem coletivo!

    reply Reply this comment
  5. jefferson matheus
    setembro 17, 13:16 jefferson matheus

    gostei bastante. muito legal realmente este texto trata do cotidiano dos trabalhadores e do sistema capitalista no qual vivemos.Em que o trabalhador levanta cedo para trabalhar, pega um ônibus lotado e vai para o trabalho para deixar seu patrão rico ,mais rico enquanto recebe um salário insignificativo abaixo do que merece.

    reply Reply this comment
  6. giovanna damaso
    setembro 17, 17:44 giovanna damaso

    legal!! isso que relata neste texto e o que vivemos nos dias de hoje por causa do capitalismo. hoje em dia uma das coisas mais importante na nossa economia e o dinheiro. condição financeira maior cada vez mais assim as pessoas que não tem muitas oportunidades trabalham como esse trabalhador da musica.

    reply Reply this comment
  7. Sabrina Campos
    setembro 17, 19:31 Sabrina Campos

    Interessante!Mostra a realidade de vários trabalhadores.Acordam bem cedo,enfrentam ônibus cheios,passam horas e horas trabalhando,e ainda assim, muito deles não tem seus direitos respeitados, e não são valorizados pelas empresas,que só querem saber de explorar a força de trabalho,e do lucro!

    reply Reply this comment
  8. Amanda de Oliveira Martins Amandinha
    setembro 17, 22:09 Amanda de Oliveira Martins Amandinha

    Achei muito interessante a letra dessa musica, pois o compositor nos mostra claramente como é a vida de um operário, que podemos dizer que desde o tempo da revolução Industrial, são uns dos mais explorados, com menos direitos, e com uma rotina muito difícil e desgastante.

    reply Reply this comment
  9. Gabriel Augusto
    setembro 17, 22:23 Gabriel Augusto

    gostei da musica pois ela retrata o que vivemos, recebemos
    pouco, ninguém da valor ao seu trabalho… Além de fazer muito esforço e receber pouco as coisas ficam caras

    reply Reply this comment
  10. alexssandra teixeira oliveira
    setembro 17, 22:48 alexssandra teixeira oliveira

    Me identifiquei muito com a musica "E de pé na fila ônibus lotado"!rsrsrsrsrs
    Mesmo com as ironias entedo que essa é uma das realidades do trabalhador brasileiro!

    reply Reply this comment
  11. Luciano Guida
    setembro 17, 23:20 Luciano Guida

    musica muito legal ainda mas quando fala sobre a vida de um operário, que e um belo exemplo que o autor teve para revela seu modo de pensa.

    reply Reply this comment
  12. bruno lopes
    setembro 18, 00:07 bruno lopes

    interesante mostra como a vida dos trabalhadores como e ruim,uma realidade cruel que esta demonstrada em forma de musica e tambem como os trabalhadores não são valorizados pelas empresas

    reply Reply this comment
  13. Victorya Mahra
    setembro 18, 00:09 Victorya Mahra

    A música já diz tudo .. É simplesmente a realidade que os trabalhadores brasileiros vivem hoje em dia .. Passam 8 horas ou mais trabalhando .. Nem sempre recebem o que realmente devem receber .. Se matam pra pegar condução pra chegar no trabalho .. E no final das contas o lucro sempre é do patrão ..

    reply Reply this comment
  14. Daniel Santos
    setembro 18, 01:13 Daniel Santos

    Infelizmente a vida de muitos trabalhadores e descrita nessa música.Os que mais trabalham são os que menos ganham, o governo impõem uma carga horaria de trabalho, afim de apenas se beneficiar através da exploração do trabalho e mais, pelos altos juros que pagamos!
    Isso é apenas a realidade de um trabalhador braçal brasileiro, que além de ganhar pouco, não e valorizado pelos bons "patrões", que alem disso acham que estão pagando muito.

    reply Reply this comment
  15. Deiffson Adriel
    setembro 18, 01:16 Deiffson Adriel

    Adorei! muito legal realmente este texto trata do cotidiano dos trabalhadores e do sistema capitalista no qual vivemos..Acordam bem cedo,enfrentam ônibus cheios,passam horas e horas trabalhando,e ainda assim, muito deles não tem seus direitos respeitados, e não são valorizados pelas empresas,que só querem saber de explorar a força de trabalho,e do lucro!

    reply Reply this comment
  16. David Monteiro
    setembro 18, 01:18 David Monteiro

    isso que relata neste texto e o que vivemos nos dias de hoje por causa do capitalismo. hoje em dia uma das coisas mais importante na nossa economia e o dinheiro. condição financeira maior cada vez mais assim as pessoas que não tem muitas oportunidades trabalham como esse trabalhador da musica.

    reply Reply this comment
  17. Wyllian Barbosa
    setembro 18, 01:24 Wyllian Barbosa

    Achei muito interessante a letra dessa musica, pois o compositor nos mostra claramente como é a vida de um operário, que podemos dizer que desde o tempo da revolução Industrial, são uns dos mais explorados, com menos direitos, e com uma rotina muito difícil e desgastante.

    reply Reply this comment
  18. Lui Henrique Oliveira Marinho de Castro
    setembro 18, 01:35 Lui Henrique Oliveira Marinho de Castro

    Muito interessante! Realmente na letra da música o autor conseguiu se expressar muito bem,e acabou retratando e repassando uma imagem bem legal da música,também com a ajuda do desenho e a organização musical,pois a vida de um operário não é nada fácil e a música interpretou bem.

    reply Reply this comment
  19. Anna Laura Gomes Miranda
    setembro 18, 02:21 Anna Laura Gomes Miranda

    Nessa música o autor descreveu realmente como é o dia a dia de um operário, alguns dos problemas que eles enfrentam diariamente. E na imagem, retratou muito bem a situação, os operários passam o dia no batente apenas para alimentar o bolso de quem manda.

    reply Reply this comment
  20. Rayan Silva
    setembro 18, 11:24 Rayan Silva

    Realmente, relata o cotidiano dos trabalhadores do país, pois excedem o seu horário de trabalho muitas vezes com cargas excessivas de trabalho, alem disso tudo, recebem baixos salários… Resumindo, os trabalhadores são explorados, ganham salários baixos e no fina quem sai tranquilo são os patrões.

    reply Reply this comment
  21. lucas
    setembro 20, 19:18 lucas

    esta musica esta relatando realmente o que esta acontecendo pois os funcionários pegam no pesado e os patroes e que saem no lucro

    reply Reply this comment
  22. Gabriella Dias de Brito Telles
    setembro 21, 02:52 Gabriella Dias de Brito Telles

    Este post apresenta uma musica que relata a situação atual de muitos trabalhadores. Conta a dura rotina em que vivem, no trabalho e na hora de irem embora para suas casas. Faz uma crítica ao Estado também, pelo mau transporte que possui, no trecho da música em que diz "Oito horas e de pé
    E de pé na fila ônibus lotado
    Duas horas em pé ou sentado"

    reply Reply this comment
  23. Lucas Barreira Rocha
    setembro 22, 10:59 Lucas Barreira Rocha

    A post fala sobre a vida do operário que trabalha o tempo do para o patrão e que re lucro para o patrão. Isso relada sobre as classes sociais como o patrão e a classe alta e o trabalhador a classe baixa que precisa daquele dinheiro para sobreviver e que trabalha como um escravo para isso.

    reply Reply this comment
  24. Jéssica Margarida Medeiros
    setembro 22, 19:50 Jéssica Margarida Medeiros

    Este post aborda uma musica que relata a situação de muitos trabalhadores. A rotina em que eles vivem, no trabalho e a hora de irem embora. Faz algumas críticas sobre o transporte, que ficam oito horas em pé.

    reply Reply this comment
  25. Jéssica Margarida Medeiros
    setembro 22, 19:51 Jéssica Margarida Medeiros

    Este post aborda uma musica que relata a situação de muitos trabalhadores. A rotina em que eles vivem, no trabalho e a hora de irem embora. Faz algumas críticas sobre o transporte, que ficam oito horas em pé.

    reply Reply this comment
  26. andriely almeida
    setembro 22, 21:00 andriely almeida

    a canção e o texto , relata sobre a vida dos trabalhadores , que muitos , são explorados é os patrões , sempre ficam com os lucros , e é exatamente isso que estamos vivendo hoje , no nosso cotidiano !

    reply Reply this comment
  27. Maísa Macêdo Fernandes
    setembro 22, 21:08 Maísa Macêdo Fernandes

    Essa música relata a vida de muitos trabalhadores. Que enfrentam muitas coisas apenas para deixar seus patrões ricos, e os trabalhadores recebem no final do mês um salário que as vezes nem compensa o esforço todo.

    reply Reply this comment
  28. andriely almeida
    setembro 22, 21:20 andriely almeida

    a canção e o texto , relata sobre a vida dos trabalhadores , que muitos , são explorados é os patrões , sempre ficam com os lucros , e é exatamente isso que estamos vivendo hoje , no nosso cotidiano !

    reply Reply this comment
  29. Maria Angélica Melo R.
    setembro 23, 19:18 Maria Angélica Melo R.

    A música relata como os patrões de hoje em dia estão gananciosos, pois querem que seus empregados cheguem exatamente na hora, e não querem não saber motivo do atraso ou falta. Mostra também a realidade de vários brasileiros no dia a dia, na constante luta para receber o seu miserável salário a fim de sobreviver. Além dos trabalhadores sofrerem no trabalho ainda sofrem até chegar ao local de trabalho com o transporte que alem de não ser de qualidade, ainda vão lotados (como nos alunos do IFTO sofremos todos os dias com o nosso ônibus).

    reply Reply this comment
  30. nicolas vinicius
    setembro 24, 21:55 nicolas vinicius

    Assim como antes na era feudal muitos trabalhadores não tem direito algum no seu local de trabalho, e inaceitável que em pleno nos seculo XXI ainda ocorra isso, os ricos tende a contratar empregados e não darem direito a eles, o que no nosso pais e bem comum pois não queremos enxergar o que esta na nossa frente. por isso que isso e bem comum se todos nos se uníssemos bem provável que esse tipo de coisa mudaria completamente.

    reply Reply this comment
  31. nicolas vinicius
    setembro 24, 21:56 nicolas vinicius

    Assim como antes na era feudal muitos trabalhadores não tem direito algum no seu local de trabalho, e inaceitável que em pleno nos seculo XXI ainda ocorra isso, os ricos tende a contratar empregados e não darem direito a eles, o que no nosso pais e bem comum pois não queremos enxergar o que esta na nossa frente. por isso que isso e bem comum se todos nos se uníssemos bem provável que esse tipo de coisa mudaria completamente.

    reply Reply this comment
  32. Mariah Paganini
    setembro 24, 22:02 Mariah Paganini

    Infelizmente é essa a realidade da maioria dos trabalhadores, trabalham muito, ganham pouco, quase nada considerando as condições de trabalho impostas por patrão, a desigualdade chega a ser assustadora, o salário de um homem que trabalha 18 horas por dia, pode não chegar a ser nem metade de um patrão que trabalha meio expediente. Temos que começar a mudar essa realidade, fazendo nosso papel na sociedade primeiramente, estudando e não concordando com essas situações.

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: