Notas sobre o livro: “A Metamorfose do Mundo” de Ulrick Beck

Notas sobre o livro: “A Metamorfose do Mundo” de Ulrick Beck

Livro: A Metamorfose do Mundo, de Ulrick Beck

Por Roniel Sampaio Silva

A Sociologia é uma ciência que busca compreender os processos sociais a partir da suas permanências e mudanças. O surgimento da sociologia decorreu da necessidade de compreender as mudanças oriundas do mundo moderno. Neste sentido, surge da necessidade de entender os efeitos da ruptura histórica com a Idade Média e as novas configurações sociais.

A sociedade moderna caracteriza-se por suas transformações rápidas e contraditórias. Nesse contexto, os sociólogos se propõem a compreender as conexões e rupturas causadas por essas transformações, o que colabora para pensarmos formas de como lidar com elas. Dentre eles, destaca-se Urich Beck (1944-2015) que propôs pensar as mudanças radicais; em seus termos, as metamorfoses sociais.

Sobre o autor:

Foi professor de sociologia da Universidade de Munique e da London School of Economics and Political Science. Com extensa obra publicada, consolidou-se como um dos teóricos sociais mais relevantes de nosso tempo. Seu livro A sociedade de risco (1986), traduzido em mais de trinta países, é uma referência de destaque nos estudos sobre a sociedade contemporânea.

Urich Beck, em seu último trabalho, dedica-se a estudar as transformações do mundo nas últimas décadas, sobretudo os efeitos do “11 de setembro” e das mudanças climáticas globais. Para Beck o mundo não tem apenas mudado, mas metamorfoseado. A cerca dessas questões, seus estudos foram publicados sob o título de “A Metamorfose do Mundo”. Obra que recomendamos a leitura!

Livro. Pode ser comprado em: https://zahar.com.br/livro/metamorfose-do-mundo

Em “A Metamorfose do Mundo” Beck conduz o leitor à percepção das diferenças entre mudança e metamorfose. Na obra o autor busca distinguir e analisar as permanências e mudanças da sociedade capitalista contemporânea, argumentando que as metamorfoses da vida social têm criado um mundo completamente novo e cada vez mais difícil de compreender, sendo necessário ser decifrado. O conceito de metamorfose é, na obra de Beck, a chave para entender a dinâmica do mundo contemporâneo.

O autor sustenta que o mundo parece estar se deteriorando, restando pouco tempo para compreendê-lo. Ataques terroristas, desastres nucleares, violação de privacidade, crises econômicas e outras coisas antes inconcebíveis estão acontecendo rapidamente. Para ele, os domínios econômicos e técnicos parecem devorar os ideais de democracia e liberdade, antes basilares na sociedade.

O livro é organizado em três parte. Na primeira o autor apresenta sua tese e a diferença conceitual entre transformação e metamorfose. Na segunda parte apresenta alguns temas os quais são analisados à luz da sua teoria. Por fim, Ulrick faz brilhante síntese analítica dos últimos e mais importantes eventos buscando desvelar o que chama de “geração metamorfose”.

 

 

Roniel Sampaio Silva

Mestre em Educação e Graduado em Ciências Sociais. Professor do Programa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – Campus Floriano. Dedica-se a pesquisas sobre condições de trabalho docente e desenvolve projetos relacionados ao desenvolvimento de tecnologias.

View more articles Subscribe
Leave a response comment1 Response
  1. Pedro
    agosto 14, 15:37 Pedro

    Parabéns pelo site, muito bom!

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: