Inscrições para concurso temporário de Professor no Espírito Santo

Existem erros que são lamentáveis!
Hoje fui efetivar minhas inscrições para o cargo de professor temporário de Sociologia aqui na rede estadual de educação do Espírito Santo e me deparei com um absurdo: os cursos que são pontoados.
Primeiramente evidencio um erro que tem sido cometido todo ano e eles não tem a coragem (ou talvez competência) de reformular o edital, mudando apenas as datas: aceitam apenas mestrado ou doutorado em educação. Na verdade na hora da apresentação de títulos eles analizam o histórico para ver se está relacionado a disciplina pleiteada. Antes tarde do que nunca! Mas muitos deixam de apresentar esses títulos por não ser seu mestrado ou doutorado em educação. Lamentável.
Outro problema, esse bem maior: Eu me escrevi para lecionar Sociologia. Meus cursos na área de Sociologia não são considerados, exceto 1 que vale apenas 3,0 pontos. Mas a SEDU dá muito mais pontos (6,0) nos cursos de Matemática. Que loucura! Agora eu terei que fazer curso de Matemática para lecionar Sociologia? Se eu fizer o curso de Português terei mais 6 pontos, mas os cursos que realizei me aprofundando no conteúdo que estarei desenvolvendo com meus futuros alunos não valem nada. Apenas 1 deles poderei apresentar. Mas aceitam cerca de 4 cursos de Matemática.

Quem são esses que criaram tais critérios? Esses deveriam estar sentados em uma carteira escolar aprendendo a diferença entre Matemática e Sociologia.

Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP.

View more articles Subscribe
Leave a response comment1 Response
  1. Anônimo
    dezembro 02, 16:18 Anônimo

    É isso ai tem sempre uns que são mais cidadãos que outros.

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: