(NÃO)COOPERAÇÃO NO PROGRAMA REDES ASSOCIATIVAS DO SEBRAE: APONTAMENTOS A PARTIR DA TEORIA DOS JOGOS, DA ESCOLHA RACIONAL E DO CONCEITO DE CAPITAL SOCIAL

No dia 28 de setembro de 2011 estarei, juntamente com Edson Terra Azevedo Filho, apresentando uma trabalho de pesquisa no III Seminário Nacional de Sociologia Política da Universidade Federal do Paraná.
Segue abaixo o resumo do artigo elaborado por nós.

Instituição de Ensino Superior: Faculdade Novo Milênio

Grupo de Trabalho: GT 10 – Trabalho e Sindicalismo: Questões Sociológicas Atuais
Título do trabalho: (NÃO)COOPERAÇÃO NO PROGRAMA REDES ASSOCIATIVAS DO SEBRAE: APONTAMENTOS A PARTIR DA TEORIA DOS JOGOS, DA ESCOLHA RACIONAL E DO CONCEITO DE CAPITAL SOCIAL

Cristiano das Neves Bodart

Edson Terra Azevedo Filho
Resumo: O presente trabalho tem como estudo de caso a implantação do programa Redes Associativas do SEBRAE entre os ceramistas de Campos dos Goytacazes/RJ. Recorremos a Teoria dos Jogos, da Escolha Racional e ao conceito de capital social a fim de buscar identificar e compreender os dilemas coletivos existentes, bem como os avanços de cooperação encontrados após cinco anos de implantação do programa. A metodologia adotada, além da revisão de literatura, foi a pesquisa de campo, realizada por meio de entrevistas. Foi Identificado que alguns dos dilemas coletivos apresentados por teóricos, como Olson (1999), Elster (1994), Colemam (1994) e Boudon (1979), tiveram grande influência sobre a escolha dos indivíduos em participar ou não da criação da Rede de Ceramista de Campos (RCC). Notou-se que a racionalidade dos indivíduos levou parte destes a optar por um ganho subótimo, uma vez que a solução ótima (sucesso cooperativo) era duvidosa. Entre aqueles que participam da RCC foi identificado um estoque significativo de capital social, o que colaborou para a superação dos dilemas coletivos encontrados. Com o jogo se repetindo por cinco anos, as dúvidas foram se dissipando, o que tem levado os recalcitrantes a buscarem participar da RCC, o que está gerando um novo dilema: aceitar ou não novos membros?
Palavras-chave: Teoria dos Jogos, escolha racional, capital social

Mais em: http://www.seminariosociologiapolitica.ufpr.br/trabalho_detalhe.php?id=364

Cristiano Bodart Bodart

Graduado em Ciências Sociais, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP.

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: