Ícone do site Blog Café com Sociologia

Livro didático: Sociologia para os jovens do século XXI

Sociologia para os jovens do século XXI

Sociologia para os jovens do século XXI

Sociologia para jovens do século XXI

Dentre os livros de sociologia indicados pelo MEC para o Ensino Médio, está o livro “Sociologia para jovens do século XXI” de  Luiz Fernando de Oliveira e Ricardo Cesar  Rocha da Costa.

Download

O manual do professor pode ser baixado gratuitamente AQUI

CONHEÇA A HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DO LIVRO EM: https://pt.slideshare.net/LuizFernandesdeOliveira/histria-da-construo-de-um-livro-didtico-sociologia-pnld-2015

Página no Facebook do livro: https://www.facebook.com/SociologiaParaJovensDoSeculoXxi

Acabo de receber o livro Sociologia para Jovens do Século XXI. O que posso dizer? Além de ser um dos primeiros livros atuais a serem escritos por pesquisadores formados na área de Ciências Sociais/Sociologia e que atuam na área do ensino de sociologia, é um livro que finalmente traz para a discussão as questões étnico-raciais e de gênero, até então ausentes nos livros aprovados pelo PNLD. Além disso, o livro também traz dicas de filmes e músicas para trabalhar cada capítulo. (Marcelo Pinheiro Cigales, professor e pesquisador em Ensino de Sociologia)

Interessante que o livro indica a Revista Café com Sociologia, periódico acadêmico idealizada pelos editores desse blog que hoje conta com uma equipe composta por pesquisadores de vários lugares do Brasil.

Apresentação

Certa vez, um grande sociólogo francês, chamado Pierre Bourdieu, disse que a Sociologia é “um esporte de combate”. Como assim? Ele era um intelectual que gostava de debater suas ideias, sempre pronto para defendê-las em meio a diferentes públicos. A ideia de “esporte de combate” significava, para Bourdieu, que a Sociologia deveria fazer com que as pessoas entendessem as origens das desigualdades e das violências de diversos tipos. Mas isto não bastava: devia-se reagir, buscando uma saída. Este livro de Sociologia está imbuído desse espírito. Abrir um diálogo com um grande público – os jovens brasileiros do século XXI – e buscar outra visão além do que chamamos de senso comum, ou seja, precisamos compreender e superar as ideias que se baseiam na aparência das coisas, sem uma reflexão mais apurada. Para nós, os autores, a Sociologia tem como princípio dar conta de duas tarefas que julgamos fundamentais: problematizar as opiniões que predominam no senso comum e, ao mesmo tempo, desnaturalizar a realidade social. Isto significa que as ideias sobre a vida social dos indivíduos devem ser pensadas a partir de um estudo criterioso, com base científica. Todos nós, em geral, temos as opiniões mais diversas sobre a vida em sociedade, sobre as relações entre as pessoas, as instituições, a cultura, a economia, a política etc. Mas será que somente as opiniões das pessoas, sem um estudo minimamente criterioso, refletem a realidade das coisas, das pessoas e das instituições? Como dizia o poeta e dramaturgo alemão Bertold Brecht: “nada deve parecer natural”. Este livro apresenta diversos temas, conceitos e teorias estudados e pesquisados pela Sociologia. Queremos apresentar aos jovens conteúdos que construam um saber crítico, dinâmico e problematizador das noções do senso comum. Crítico, porque visa à inserção consciente dos jovens no mundo à sua volta; dinâmico, por incentivar a participação política e social consciente na realidade social brasileira; e, por fim, problematizador, por questionar os discursos naturalizadores de uma realidade social marcada por profundos problemas éticos, sociais e econômicos. Mas este livro não trabalha só com a Sociologia enquanto ciência, pois a vida em sociedade é influenciada também pela compreensão de ideias e fatos estudados por várias áreas do conhecimento. Por isso, dialogamos sempre com outras disciplinas, com o objetivo de entendermos melhor os diversos temas abordados. Os capítulos do livro começam com a apresentação de fatos e ideias da vida cotidiana. Os conceitos sociológicos são introduzidos e aprofundados a partir de uma problematização inicial de como esses fatos e ideias são formulados no nível do senso comum. São também utilizados tabelas, gráficos, mapas, ilustrações e imagens que estimulam uma reflexão crítica do estudante sobre os temas discutidos. Ao final de cada capítulo, são listadas questões que possam sintetizar e sistematizar o assunto em debate, propostas de dinâmica para o trabalho em sala de aula, propostas de pesquisas e de outras leituras de livros, uma filmografia, uma relação de sites e a indicação de letras de músicas que possam contribuir para a reflexão sobre o tema desenvolvido. Os conteúdos do livro têm como base as principais elaborações teóricas da Sociologia contemporânea, desde os autores considerados fundadores da disciplina até os nacionais e internacionais da atualidade. Desejamos construir com vocês, professor(a) e estudante, uma profunda e longa parceria, tendo como ponto de partida as discussões que apresentamos e propomos desenvolver neste livro, referentes às várias questões da realidade social que nos cerca e de interesse dos jovens.
Os autores

 

Sair da versão mobile