Análise da música “Wish You Were Here” – Pink Floyd a partir do conceito de ideologia

Análise da música “Wish You Were Here” – Pink Floyd a partir do conceito de ideologia

Análise “Wish You Were Here” – Pink Floyd

Por Roniel Sampaio

As músicas carregam uma constelação de sentidos os quais podem ser explorados de diversas formas, inclusive, atrelando a letra de uma música a um determinado fenômenos sociais aparentemente sem conexão. Enxergar essas conexões é exercitar a capacidade interpretativa e a nossa imaginação sociológica.

A música “Wish You Were Here – Pink Floyd”, embora tenha sido escrita como forma de homenagem a um ex-integrante da banda, é uma boa forma de pensar o conceito de ideologia, a partir de várias perspectivas teóricas.

Tal conceito de ideologia remete a ideia de Karl Marx como inversão da realidade a partir dos interesses da classe dominante. Karl Marx entendia que a produção da burguesia enquanto classe dominante se dá pelo controle dos meios de produção, enquanto a reprodução se dá pela superestrutura, que remete a afirmação cultural e política de que as relações sociais de exploração são positivas. A principal forma de manutenção do status quo é por meio da ideologia, que tem por objetivo inverter a realidade para camuflar as relações de exploração.

Divergente a este ponto há outra perspectiva teórica, a perspectiva de Karl Mannheim que entende ideologia como um conjunto de ideias, atitudes e valores de um grupo social, segundo os quais agem a partir dessa visão do mundo. Diferente de Marx, Manheim entende que todos os grupos possuem ideologia, porém a relação destas ideologias criam sobreposições.

Um terceiro ponto de vista teórico agrega um conceito de ideologia com elementos presentes na conceituação dos dois autores citados: o conceito gramsciano de ideologia. O conceito de ideologia de Gramsci diz respeito a um processo de construção de ideias e significados produzidos por intelectuais orgânicos, sujeitos produzidos pelas relações de classe. Tais ideologias desempenham um papel fundamental para manutenção das estruturas uma vez que são por meio delas que uma classe dominante garante sua hegemonia.

Vamos a letra e algumas das suas possíveis interpretações (ver AQUI artigo que aborda como usar letra de músicas nas aulas de Sociologia):

“Então, então você acha que consegue distinguir
O paraíso do inferno?
Céus azuis da dor?
Você consegue distinguir um campo esverdeado De um trilho de aço gelado?
Um sorriso de uma máscara? Você acha que consegue distinguir?”

A ideologia é capaz de inverter a realidade a ponto de alterar nossa percepção de quem são os heróis e vilões, o que é bom ou ruim. Na visão de Marx o papel da ciência é revelar a diferença entre essência e aparência.

Eles fizeram você trocar
Os seus heróis por fantasmas?
Cinzas quentes por árvores?
O ar quente por uma brisa fria?
O bom conforto por mudanças?
Você trocou
Um papel de figurante na guerra
Por um papel principal numa cela?

Gramsci foi encarcerado, um preso político que desenvolveu, na obra “Memórias do cárcere”, a ideia de “intelectual orgânico”. Na visão de Gramsci os intelectuais a serviço do capital desempenhavam o papel de manutenção dos ideais da classe dominante, por meio da qual se firmava como ideologia dominante ou ideologia. É importante destacar que as ameaças ao capital são combatidas não apenas de forma ideológica e socialmente legitimada, mas também em alguns casos com o uso da força. Por outro lado, os grupos políticos emergentes buscam fazer o uso do que chamou de contra-ideologia para subverter a ordem.

Como eu queria
Como eu queria que você estivesse aqui
Nós somos apenas duas almas perdidas
Nadando num aquário
Ano após ano
Correndo sobre o mesmo velho chão
O que nós encontramos?
Os mesmos velhos medos
Eu queria que você estivesse aqui

Por fim, esse trecho remete a ideia de ideologia de Manheim. Metaforicamente o aquário é o contexto social o qual estamos inseridos no qual se constrói a ideologia, lente que usamos para enxergar nossa realidade. Neste sentido cada aquário representa cada grupo social e as características particulares que se consolidam constroem nossa visão sobre a realidade social.

 

Que tal sua música predileta nas nossas análises? Dê uma sugestão de música nos comentários.

Roniel Sampaio Silva

Mestre em Educação e Graduado em Ciências Sociais. Professor do Programa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – Campus Floriano. Dedica-se a pesquisas sobre condições de trabalho docente e desenvolve projetos relacionados ao desenvolvimento de tecnologias.

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: