Chamada de propostas de GTs – IV ENESEB

Chamada de propostas de GTs –  IV ENESEB

VI ENESEB

ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO BÁSICA

6 a 8 de julho de 2019

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA – UFSC

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE GTs

Comunicamos a abertura para inscrições de propostas de Grupos de Trabalho(GTs) para o VI Encontro Nacional sobre o Ensino de Sociologia na Educação Básica (ENESEB), promovido pela Comissão de Ensino de Sociologia da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS).

O evento será realizado na UFSC, no Campus da Trindade, em Florianópolis, entre os dias 06 e 08 de julho de 2019, tendo como tema “ENSINO DE SOCIOLOGIA COMO CONQUISTA: DEZ ANOS DE RESISTÊNCIAS.”

O Encontro contará com conferências, mesas-redondas, oficinas, GT’s e atividades culturais. As propostas para Grupos de Trabalho (GTs) deverão ser enviadas exclusivamente para o e-mail do evento ([email protected]) e deverão observar as regras abaixo.

 

GRUPOS DE TRABALHO: Regras para o envio de propostas de Grupos de Trabalho

Data limite da submissão da proposta de GT: 15 de fevereiro de 2019.

Cada proposta deverá indicar um (a) coordenador (a) e um subcoordenador(a). Ambos serão comentadores dos trabalhos. As propostas para apresentação de GTs devem respeitar as seguintes regras gerais:

a) Cabe a(o) coordenador(a)-proponente da mesa enviar a proposta de Grupo de Trabalho através do e-mail do evento ([email protected]), incluindo os dados de cada um dos participantes (filiações institucionais, titulações acadêmicas, e-mails, números de telefone).

b) As propostas de GTs para o VI Eneseb poderão ser apresentadas por pesquisadores/professores da rede pública e/ou superior de ensino com titulação acadêmica mínima de mestre. Cada proposta deve ter no máximo 1.500 caracteres e deverá indicar uma ementa e justificativa da relevância do debate proposto.

c) O/A coordenador(a) e subcoordenador(a) devem obrigatoriamente pertencer a distintas unidades federativas, a fim de garantir maior pluralidade de participação. Estimula-se ainda na coordenação dos grupos maior equidade em termos de gênero e raça.

d) Serão selecionados até 12 Grupos de Trabalho que terão duas sessões cada um. Os coordenadores e subcoordenadores aprovados serão responsáveis pela seleção dos resumos de trabalho submetidos.

e) Cada sessão de GT terá a duração de 03 horas e até 08 trabalhos apresentados. No total, o GT poderá ter até 16 trabalhos selecionados que serão divididos em duas sessões.

Cristiano Bodart

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Docente do Centro de Educação da Ufal.

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: