/

Esquema síntese do interacionismo simbólico de Herbet Blumer

Herbert Blumer

Disponibilizamos aos leitores do Blog Café com Sociologia uma esquema síntese do interacionismo simbólico de Herbet Brumer. O mesmo foi elaborado pelo professor Dr. Cristiano Bodart (UFAL) com base do texto “A natureza do interacionismo simbólico”, de Herbert Blumer.

O interacionismo Simbólico ganhou grande espaço na Psicologia Social e na Antropologia, embora tivesse influenciado fortemente trabalhos das áreas de Sociologia e Ciência Política. O lócus por excelência do processo de germinação e constituição do interacionismo simbólico foi o Departamento de Sociologia da Universidade de Chicago em dois períodos. O primeiro, vai da fundação do departamento em 1982 até os primeiros anos da década de 1930. Nesse período destacaram-se Robert Park, William Thomas, Ernest Burguess, Ellsworth Faris, John Dewey, George Herbert Mead, Charles Cooley, entre outros.

O segundo período, se estendeu imediatamente do pós-guerra até metade da década de 1950, destacando-se Louis Wirth, Everett Hughes, Loyd Warner, Anselm Strauss e Robert Redfield. Blumer, ex-aluno de Mead “assumiu a tarefa intelectual de codificar determinados pressupostos teóricos e metodológicos que se encontravam subjacentes nos trabalhos e reflexões realizados na década de 1920, no interior do Departamento de Sociologia, e integrá-los em um corpus teórico denominado por ele de interacionismo simbólico” (MARTINS, 2013). No Brasil, o interacionistas simbólico mais conhecido é Erving Goffman.

Segue os esquemas sínteses que contém as principais bases das ideias presentes no Interacionismo simbólico de Herbert Blumer.

Parte 1:

Parte 2:

 

Versão dos esquemas sínteses em PDF:

Parte 1

Parte 2

 

Referências

BLUMER, Herbet. A natureza do interacionismo simbólico. In: MORTENSEM, C. D. (Org.) Teoria da Comunicação. SP: Mosaico. 1980.

MARTINS, Carlos Benedito Campos. Apresentação. Soc. estado.,  Brasília,  v. 28, n. 2, p. 209-215,  Ago. 2013.

Cristiano Bodart

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), professor do Centro de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Pesquisador do tema "ensino de Sociologia". Autor de livros e artigos científicos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: