Introdução aos Estudos Culturais

Introdução aos Estudos Culturais

Por Roniel Sampaio Silva

Em postagem anterior, apresentei o conceito de Sociologia e parte das ferramentas que esta ciência nos fornece
para compreendermos a realidade social. Mencionei, também, que a sociologia
está preocupada com o comportamento social e que esta ciência busca identificar
e explicar uma espécie de “regularidade” existente em cada fenômeno ou grupo
social. Buscarei neste texto apontar que o ser humano, diferente dos outros
animais, transmitem para seus descendentes não apenas características
biológicas,
mas também, conhecimentos complexos acumulados e transmitidos uns
aos outros, ou seja, produz e transmite cultura.
No entendimento do senso comum,
cultura é tida como um gosto cultural refinado, erudito o qual marca
determinada pessoa num patamar de status maior que as demais. Quem está mais
próximo desse patamar é tido como mais civilizado.Tal associação se dá por
conta da semelhança da palavra alemã
Kultur,
que quer dizer altas formas de manifestação artística.No entanto, cultura
não é somente os gostos. Cultura vai além disso. Vamos tentar conceituá-la?
Para tanto, é necessário entender que cultura é o objeto de estudo de uma
ciência social chamada Antropologia (Antros,
homem. Logia, Ciência[1]),
embora
não sendo estudada apenas por ela. Sociologia, Geofrafia, Artes,
literatura, História, e outras, também se apropriam do entendimento. Para
Lakatos cultura tem um significado amplo: “engloba os modos comuns e aprendidos
da vida, transmitidos pelos indivíduos e grupos em sociedade”.
Conceito

Existem centenas de conceituações
para este termo. Ainda não existe um consenso sobre o mais apropriado. Além do
conceito, apresentaremos algumas abordagens em torno do termo. Para que fique
mais claro o entendimento, vamos pensar em cultura da seguinte forma, ainda que
preliminar:
Quando pensar na palavra cultura,
lembre-se de sutura ou costura. Grosso modo, cultura é um entendimento que
“costura” você no mundo e se refere a aspectos materiais e imateriais do ambientes
tais quais, conhecimentos, habilidades e crenças que são aprendidas como padrão
por determinado grupo. Ou seja, é a
maneira com que o grupo social explica e vincula o indivíduo ao mundo.

Cultura segundo os antropólogos clássicos

Edward Tylor – “Todo complexo que inclui conhecimento, crenças,
arte, a moral, a lei, os costumes e todos os outros hábitos e aptidões
adquiridos pelo homem como membro da sociedade”. (Kahn apud Lakatos, 2010:131)
Lévi-Strauss – “Conjunto de sistema simbólico, entre os quais se
incluem a linguagem, as regras matrimoniais, a arte, a ciência e religião.
Estes sistemas se relacionam e influenciam a realidade social e física de
diferentes sociedades.” (Tomazi, 2010:173)
Franz Boas – “Totalidade de reações e atividades mentais que
caracterizam o comportamento dos indivíduos que compõe o grupo social”.
(Lakatos, 2010:132)
Malinowski – “O todo global, consiste de implementos e bens de
consumo, de cartas constitucionais para vários agrupamentos sociais, de ideias
e ofícios humanos, de crenças e costumes.” (Idem)
Kroeber e Kluckholn – uma abstração de comportamento concreto, mas
em si próprio não é comportamento.” (Idem)
Beals e Hoijer – “A cultura é uma abstração de comportamento e não
deve ser confundida com atos do comportamento ou com artefatos materiais, tais
como ferramentas, recipientes, obras de arte e demais instrumentos que o homem
fabrica ou utiliza”. (Idem)

Leslie A. White, para esclarecer
a diferença entre cultura e comportamento as difere da seguinte forma:

Comportamento: “quando as coisas e
acontecimentos dependentes de simbolização são considerados e interpretados
face à sua relação com o organismo humano.
Cultura: “quando as coisas e
acontecimentos dependentes de simbolização são considerados e interpretados em
si, independentes do organismo humano.”
Portanto, o comportamento biológico
é objeto da Psicologia e a cultura da Antropologia.
Contribuição de antropólogos contemporâneos

Clifford Geertz–“A cultura deve ser vista como um conjunto de
mecanismos de controle- planos receitas, regras, instituições – para governar o
comportamento.” (Idem)
Margaret Mead – “Estudou a influencia da cultura na formação da
personalidade e concluiu que as diferenças de personalidade não estão vinculada
a fatores biológicos, como sexo, mas a maneira como cada sociedade define a
educação das crianças” (Idem)
Ruth Benedict – “a cultura tem um padrão cultural coerente em si
mesmo. Em suas pesquisas identificou dois padrões culturais extremos;
apolítico, representado por indivíduos tranquilos, solitários, respeitadores e
comedidos na expressão de seus sentimentos, e o dionisíaco, que reunia os
ambiciosos agressivos e individualistas, com uma tendência ao exagero afetivo.
Para ela ainda haveria dois tipos intermediários que mesclariam características
dos dois tipos extremos. (Tomazi, 2010:173).
A abrangência da cultura e a relação com outras áreas do conhecimento

No início do texto apontamos que
a ideia de cultura é usada por diferentes ciências. Entendendo o conceito e seu
caráter multidimensional, podemos buscar, agora,compreendemos que esta
categoria tem ligação direta com outros campos de conhecimento baseado nas suas
ramificações.

Por fim, podemos concluir a ideia
de cultura como algo bem complexa e multidimencional. Embora as ciências
sociais, classifiquem sociedades como mais complexas e menos complexas é impossível
classificar uma cultura superior a outra em função de cada sistema cultural ter
uma lógica própria que só faz sentido em si.

Você sabia?
A antropóloga estadunidense Ruth
Benedict foi contratada pelo serviço secreto  para fazer um estudo
minucioso da cultura japonesa com imigrantes nipônicos nos EUA. O fruto do
estudo pode é apresentado no livro “O crisântemo e a espada: os padrões da
cultura japonesa”, de 2006, da editora Perspectiva
.
Questão para reflexão:
1-      Baseado
na visão dos antropólogos elabore um conceito de cultura que julga melhor
descrevê-la.
2-      A
cultura leva em conta aspectos materiais ou imateriais?
Justifique sua resposta.
Referências:
LAKATOS, Eva Maria. Sociologia
Geral. 7ª edição. Atlas: São Paulo, 2010.
Tomazi, Nelson Dácio. Sociologia
para o Ensino Médio. 2ª Edição. Saraiva: São Paulo, 2010.

[1] O
termo ao pé da letra é muito genérico uma vez que muitas ciências tem o homem
como objeto: medicina, psicologia, antropologia, sociologia e história, por
exemplo. Para facilitar o entendimento lembre-se que a preocupação desta
ciência está em comprar as semelhanças e diferenças de culturas através de
métodos próprios.
Roniel Sampaio Silva

Mestre em Educação e Graduado em Ciências Sociais. Professor do Programa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – Campus Floriano. Dedica-se a pesquisas sobre condições de trabalho docente e desenvolve projetos relacionados ao desenvolvimento de tecnologias.

View more articles Subscribe
Leave a response comment5 Responses
  1. Elisangela Vieira Elis
    março 03, 20:12 Elisangela Vieira Elis

    Gostei muito do texto,está resumidoos diversos conceitos de cultura, mas de forma bem compreensiva, podendo ser utilizado em sala de aula.

    reply Reply this comment
  2. Roniel Sampaio
    março 03, 20:29 Roniel Sampaio

    Obrigado Elisangela. Continue acompanhando o blog. Estamos preparando um material bem interessante sobre esse e outros tema. Nosso empenho é tentar passar um material fácil assimilação que auxilie professores e alunos do Ensino Médio. Abraço

    reply Reply this comment
  3. Fernanda Mota Freire
    agosto 15, 23:36 Fernanda Mota Freire

    Acho que é muito interessante , além de ser curioso estudar outras culturas diferente das de costume , então se enplantar estudo de outras culturas nas escolas e se pesquisar mas a fundo isso , pode se obter conhecimentos adversos sobre um determinado povo , acho essa ideia bem inovadora e legal para as pessoa porque isso trás mais animo para estudar . coisas novas são sempre boas .

    reply Reply this comment
  4. Keyle Lizyane
    setembro 18, 19:20 Keyle Lizyane

    Cada região, estado ou pais tem uma cultura diferente, cada uma delas tem costumes e tradições diferentes é muito importante respeitá-las. No mundo há varias culturas diferentes, mas muitas delas como as dos índios brasileiros estão desaparecendo justamente pela falta de respeito do povo brasileiro.

    reply Reply this comment
  5. Keyle Lizyane
    setembro 18, 19:28 Keyle Lizyane

    Cada região, estado ou pais tem uma cultura diferente, cada uma delas tem costumes e tradições diferentes é muito importante respeitá-las. No mundo há varias culturas diferentes, mas muitas delas como as dos índios brasileiros estão desaparecendo justamente pela falta de respeito do povo brasileiro.

    reply Reply this comment
mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: