“Somos Todos Burgueses”, música para aula de Sociologia

“Somos Todos Burgueses”, música para aula de Sociologia

Burguesia

Por Cristiano das Neves Bodart

A música abaixo é uma boa opção para trabalhar em sala de aula. Por meio dela é possível abordar temáticas como “massificação da cultura”, “ideologia”, “preconceito”, “banalização do conhecimento, etc. Trata-se de uma música do padre Zezinho (ver aqui outra música dele para trabalhar em sala de aula)Usamos notas para apresentar alguns possibilidades de abordagens.

Segue letra e vídeo com áudio:

Música: Somos todos burgueses

Compositor: Padre Zezinho

De burgueses todos nós temos um pouco*
E outro pouco de poetas e de loucos
E rebeldes todos fomos uma vez

Campeões da liberdade imaginada**
Cavalgando rocinantes pela estrada
Repetimos o que Dom Quixote fez
Repetimos o que Dom Quixote fez

Nos armamos cavaleiros
Da cruzada do amor
Nos tornamos justiceiros
Seja onde e como for
Uma ideia na cabeça*
Um diploma em cada mão
E uma ideologia*
Com sabor de religião*

Um milhão de preconceitos***
Contra quem for diferente***
E umas vinte frases feitas*
Nivelando a nossa mente*

E esse jeito todo esperto
De ser intelectuais
Mas se alguém chega mais perto
Vê poeira e nada mais****

Cidadãos bitolados*
A verdade ciscamos*
E aceitamos somente
O que agrada os ouvidos
Somos muito atrevidos com Deus
Porque não intervém
E não vem e corrige a burrice dos homens
Doutores de um só livro
Ou de uma teoria
Cuspimos cada dia
No prato que ele temperou

De burgueses todos nós temos um pouco*
E outro pouco de poetas e de loucos
E rebeldes todos fomos uma vez
Campeões da liberdade imaginada**
Cavalgando rocinantes pela estrada
Repetimos o que Dom Quixote fez
Repetimos o que Dom Quixote fez

Notas: 

* Como dizia Marx, as ideias dominantes são as ideias do grupo dominante;

**Existe liberdade para todos no capitalismo ou as condições sociais limitam as escolhas?;

***Etnocentrismo, sobretudo a partir do que o sistema econômico define como “padrão de vida”;

****Somos reflexo de uma burguesia conservadora;

Cristiano Bodart

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Docente do Centro de Educação da Ufal.

View more articles Subscribe
comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: